Formação de Professores sobre a Propriedade Intelectual

16 Janeiro, 2019

A DECO e a Rede de Bibliotecas Escolares desenvolveu uma ação de formação para professores, sobre o tema da propriedade intelectual

Nas últimas décadas assistiu-se a um desenvolvimento extraordinário das tecnologias de informação e comunicação, em particular da Internet. Por um lado, esse desenvolvimento trouxe inúmeras vantagens, como por exemplo o acesso a todo o tipo de informação e a uma oferta cultural diversificada. Mas, por outro, propiciou também um aumento das ameaças à propriedade intelectual, especialmente através da chamada pirataria, isto é, a cópia ou reprodução das obras para divulgação ou venda sem o consentimento do autor.

O respeito pela propriedade intelectual e a perceção dos limites desse respeito num espaço tão “aberto” como é o digital é uma dificuldade para os jovens consumidores que ainda consideram que tudo o que está na internet é de todos.
Partindo desta realidade a DECO e a Rede de Bibliotecas Escolares, desenvolveu uma ação de formação para professores com o objetivo de trabalhar os temas da propriedade intelectual, direitos de autor, pirataria e contrafação, entre outros, no âmbito do projeto Brain IDeas – Dá Valor às Boas Ideias.

Esta ação contou com a participação de 30 professores, que receberam o projeto com grande entusiasmo, destacando a relevância da criação de recursos pedagógicos para trabalhar estes temas junto dos jovens nas suas comunidades educativas.

Para esta ação, contámos ainda com o apoio do INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial e do IGAC- Inspeção-Geral das Atividades Culturais. O orador Rui Solnado da Cruz, pelo INPI abordou o tema da perceção dos jovens sobre a propriedade intelectual e o seu comportamento online e o orador Luís Silveira Botelho, em representação do IGAC abortou a perspetiva pedagógica do Direito de Autor.

 

 

 

 

 

 

Com o objetivo de fazer chegar este projeto ao maior número possível de alunos, e de forma a possibilitar que os professores sejam agentes multiplicadores, a DECO irá promover ações de sensibilização nas escolas e explorar estes conteúdos em ambiente de sala de aula.

Através desta formação os participantes aumentaram os conhecimentos sobre os temas e tiveram, ainda, oportunidade de debater questões que a experiência dos oradores trouxe a debate.

Entre professores e coordenadores de agrupamentos de escolas, a DECO estima que o efeito multiplicador desta ação possa ser bastante significativo e contribua diretamente para os objetivos propostos para o projeto Brain IDeas, bem como para a promoção da missão das bibliotecas escolares.

Terminamos a ação com a assinatura do protocolo de colaboração entre a DECO e a Rede de Bibliotecas Escolares que contou com a participação da diretora-geral da DECO, Ana Tapadinhas e com a participação da Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares, Manuela Silva. Ambas apresentaram as mais-valias desta colaboração e deram por terminado o dia com o porto de honra, em forma de celebração.