Direitos dos Consumidores 2017 – Formação Profissional Lisboa e Porto

22 Maio, 2017

Direitos dos Consumidores : Enquadramento do Curso

A crescente diversidade na oferta de produtos e serviços traz maiores possibilidades de escolha aos consumidores que ganham um acesso aos bens de consumo cada vez mais facilitado por múltiplos canais. Porém, os consumidores são também obrigados a tomar inúmeras decisões de consumo, sendo que os produtos e serviços se tornaram mais complexos e sofisticados. Assim, torna-se cada vez mais difícil a comparação, a seleção e a tomada de decisão com vista à escolha mais acertada e, em muitos casos, não conseguem avaliar todos os riscos inerentes às suas escolhas quer a nível económico, social e ambiental ficando os direitos dos consumidores, muitas vez, em causa.

Neste sentido, profissionais que atuem como facilitadores destas relações de consumo, ajudam a formar consumidores mais conscientes e mais ativos o que melhora a cidadania, a qualidade das próprias organizações, o crescimento de uma economia mais competitiva e de uma sociedade mais inclusiva e sustentável.

Capacitar para (in)formar é o mote para o Curso de Direitos dos Consumidores 2017.

O presente percurso formativo pretende capacitar os profissionais, no domínio dos direitos dos consumidores (hard skills) e no domínio do diálogo e negociação (soft skills) para que possam atuar como mediadores nos desafios quotidianos dos consumidores.

A quem se dirige

Esta Ação de Formação está desenhada para profissionais na área do apoio ao consumidor, nomeadamente:

  • Técnicos e profissionais que prestem informação e apoio aos consumidores e que pretendam atualizar e aprofundar os seus conhecimentos;
  • Técnicos dos serviços municipais de apoio ao consumidor;
  • Técnicos de outros serviços de apoio e informação aos consumidores, nomeadamente entidades reguladoras e centros de arbitragem.

Objetivos

  • Melhorar e aprofundar as competências dos técnicos de consumo sobre temáticas específicas dos direitos dos consumidores.
  • Reconhecer a importância económica de cidadãos mais informados e ativos para a melhoria das organizações;
  • Identificar os setores onde os consumidores sentiram maiores dificuldades em 2016 e as razões inerentes às mesmas.
  • Analisar as mais recentes medidas legislativas em diferentes setores da atividade económica, nomeadamente Comunicações Eletrónicas, Contratação e renegociação de crédito, Energia e Comércio eletrónico.
  • Reconhecer a importância de uma comunicação eficaz como mecanismo facilitador na gestão do conflito de consumo.
  • Explorar as técnicas de resolução dos principais litígios de forma a gerir estes conflitos no melhor interesse do consumidor.
  • Definir as estratégias a adotar para melhor informar e aconselhar os consumidores.

Programa

» O poder da escolha: a força dos consumidores

» Lei das Telecomunicações: Prós e Contras

» No saber está o ganho: A contratação e (re)negociação de crédito

» Tarifas e faturas: um enigma para os consumidores

» Game Over: novas regras nos dados pessoais

» Alojamento Local: A minha casa é a nossa casa

» Gestão das Reclamações: O impacto da comunicação

» O poder da (in)formação

» O todo é maior que a soma das partes: aumentar a qualidade do serviço prestado aos consumidores

Para mais informações sobre o programa detalhado, pode contactar: decoforma@deco.pt.


Curso de Direitos dos Consumidores : Edição 2017

Informações Gerais

Área de Formação: 380 Direito

Duração Total: 16 horas (14h Formação em Sala & 2h Estudo Acompanhado)

Modalidade: Formação Contínua | Presencial | 09h30 – 18h

Consulte o regulamento dos Programas Abertos.

Preço

  • Profissionais na área do apoio ao consumidor das entidades parceiras – Gratuito
  • Profissionais de outras organizações – 70€ *

*Valor isento de IVA ao abrigo art. 9º, CIVA.

A inscrição pressupõe o conhecimento e aceitação das condições de participação.

 Caso o formando conclua o Curso com aproveitamento terá direito a um certificado de formação profissional.

Inscrições

  • Porto

  • Lisboa