Sabe o que está a comer?

18 Julho, 2016

Em Portugal consome-se açúcar, gorduras e sal em excesso! O consumo de açúcar per capita é de 34,4 kg/ano, o que equivale a 94g/dia (cerca de 15 pacotes de açúcar) e a ingestão média de sal é de 10,7g/dia. O que podemos fazer para alterar está situação?

Todos sabemos da importância das nossas escolhas alimentares para a promoção de saúde e para o rendimento físico e intelectual no nosso dia-a-dia. Apesar disso, poucos são os que sabem avaliar e selecionar corretamente os produtos alimentares que consomem.

A forma mais prática, rápida e acessível de o fazer é através da leitura e interpretação dos rótulos dos produtos alimentares. A informação da tabela nutricional deve ajudar-nos a comparar produtos semelhantes e a determinar a frequência de consumo do produto alimentar. Muitas vezes bastam alguns segundos para obtermos as informações mais importantes e fazer a escolha mais saudável.

Se à primeira vista todos aqueles termos e números parecem tudo menos claros, saiba que não se trata de um código indecifrável. Aprenda o que significam esses dados nutricionais e faça da leitura dos rótulos alimentares um hábito também ele saudável. Senão vejamos:

Como saber se determinado produto tem ou não benefícios nutricionais, se é ou não, rico em sal, açúcar e gorduras? Se um produto alimentar indicar que em 100g do mesmo, 20g são açúcar, será capaz de perceber se esta quantidade de açúcar é ou não aceitável? Qual o impacto do consumo frequente desse produto, na sua saúde? Sabe que uma Dose Diária Recomendada (DDR) de cereais de pequeno-almoço contém mais de 20g de açúcares totais, se encontra muito próximo do limite de 25g de açúcar que deve ser consumido diariamente? Sabe que 2 fatias (100g) de toucinho fumado contêm 24g de gordura saturada, que ultrapassa o consumo máximo diário de 20g? Se no seu lanche optar por um folhado misto ingere 1,75g de sal, sendo o consumo máximo diário de 6g?

Na semana de 10 a 14 de outubro, a DECO realiza workshops em todo o país para ajudar os consumidores na leitura e interpretação dos rótulos dos produtos alimentares para uma correta interpretação da informação nutricional dos alimentos capacitando os consumidores para escolhas alimentares mais corretas e saudáveis.

O que vamos falar

  • Qual a função dos nutrientes e em que quantidades ingerir;
  • Como interpretar a rotulagem e qual o significado de cada designação;
  • Como ler a declaração nutricional e lista de ingredientes;
  • Como interpretar os valores da declaração nutricional;
  • Qual o significado das alegações nutricionais.

Saber para quê

  • Identificar as necessidades de nutrientes e a sua função de forma a fazer uma alimentação equilibrada;
  • Saber ler e interpretar a informação nutricional que compõe os rótulos dos alimentos;
  • Identificar quantidades de açúcar, sal e gordura dos produtos, de forma a clarificar quais as quantidades aceitáveis desses ingredientes nos produtos indicados, bem como indicar os valores diários que devem ser consumidos desses ingredientes;
  • Avaliar e selecionar os produtos alimentares de forma fazer escolhas mais conscientes, adequadas e saudáveis.

Para quem

Estes workshops encontram-se disponíveis para todo os consumidores e colaboradores e/ou membros das entidades públicas e outros organismos que pretendam realizar sessões de esclarecimento.

Estas sessões são gratuitas para as entidades com protocolo com a DECO.

Para empresas e outras entidades sem protocolo, as sessões são desenhadas à medida mediante pedido de proposta de formação a solicitar através do e mail decoforma@deco.pt

Quando & onde acontece

Estes workshops informativos são dinamizados por todo o país na semana de 10 a 14 de outubro.

Sobre os WorkShops DECO [In]Forma

 

Validação